Menu

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


Marquinhos, o capitão brasileiro contra o Chile

10 OUT 2017
10 de Outubro de 2017

O técnico da Seleção Brasileira, Tite, escolheu o zagueiro Marquinhos para ser o capitão brasileiro no jogo contra o Chile, nesta terça-feira (10), às 20h30, pela última rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. 

– É um orgulho, uma honra, receber essa faixa. Desde pequeno a gente sonha em jogar na Seleção Brasileira e, hoje, ganhar esse presente é uma honra muito grande logo na minha terra natal, junto da minha família, mãe e irmãs – comentou Marquinhos.

Marquinhos é o 13º jogador a ser capitão desde que Tite adotou o rodízio da braçadeira. Antes do defensor, os outros jogadores que carregaram a faixa foram o zagueiro Miranda e o lateral-direito Daniel Alves, duas vezes cada um, o zagueiro Thiago Silva, os laterais-esquerdos Marcelo e Filipe Luís, os volantes Casemiro, Fernandinho e Paulinho, os meias Renato Augusto e Philippe Coutinho, e o atacante Neymar, além de Robinho, em amistoso contra a Colômbia.

– Cada pessoa tem a sua característica, cada um tem sua forma de liderar. Uns dentro de campo, outros fora. Jogadores do nível que temos aqui, não precisa puxar orelha. Vou procurar ajudar o nosso time, buscando a tranquilidade e serenidade dentro de campo, coletivamente e mentalmente forte – definiu Marquinhos sobre seu estilo como liderança.

O técnico Tite elogiou o atleta em coletiva de imprensa realizada após o treinamento desta segunda-feira, no Allianz Parque, local do jogo contra o Chile. 

– Tem uma ideia por trás da constante mudança de capitania. Cada atleta tem uma virtude e o nível de concentração do Marquinhos é muito alto. Isso presta a ele uma capacidade de liderança. A troca de capitães garante que quando o time não for bem, a culpa não  recaia sobre um só atleta – explicou o treinador. 


CBF.COM.BR

Voltar
Tenha você também a sua rádio