Menu

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


FIFA: Del Nero é banido para sempre do futebol  

27 ABR 2018
27 de Abril de 2018

A Fifa comunicou nesta sexta-feira (27) que Marco Polo Del Nero foi banido para sempre do futebol. Em nota oficial, a entidade informa que o ex-presidente da CBF foi retirado de qualquer atividade relacionada à modalidade após investigação que o considerou culpado de corrupção por receber propina na venda de direitos de transmissões de competições.

Além de afastá-lo definitivamente, a Fifa informou que Del Nero terá de pagar multa de 1 milhão de francos suíços, o equivalente a R$ 3,5 milhões (na cotação desta sexta-feira). Em seu comunicado, a entidade afirma que o dirigente já foi notificado da punição e considerado culpado de violar artigos do código de ética que dizem respeito a suborno e corrupção, oferecer e aceitar presentes e outros benefícios, conflitos de interesse, lealdade e regras gerais de conduta.

Del Nero já cumpria suspensão preventiva imposta pela Fifa por conta de investigação aberta pela Comissão de Ética da entidade em 23 de novembro de 2015. O dirigente é acusado de ter recebido subornos em troca de favorecimento a empresas em contratos para os direitos de mídia e marketing de vários torneios de futebol, incluindo a Copa América, Copa Libertadores e a Copa do Brasil.

Em dezembro, Del Nero havia sido suspenso provisoriamente por 90 dias, punição que foi estendida em fevereiro por mais 45 dias. O resultado das investigações saiu nesta sexta-feira, com a conclusão de que Del Nero teria cometido as irregularidades e determinando sua exclusão definitiva.

Ex-executivos das empresas Traffic e Torneos, que tinham direitos de competições, acusaram Del Nero de receber subornos por contratos. No total, é apontado que o dirigente ganhou US$ 6,5 milhões em propinas por acordos da Libertadores e da Copa América. O cartola brasileiro sempre negou as acusações, mas tais informações foram requeridas pelo comitê disciplinar da Fifa para realizar a investigação interna.

Del Nero iniciou sua carreira no futebol como dirigente no Palmeiras, clube no qual atualmente é conselheiro vitalício. Chegou a ocupar cargo no Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) na década de 80 e tornou-se um dos vice-presidentes da Federação Paulista de Futebol (FPF) na gestão de Eduardo José Farah.

Como consequência, o Sr. Del Nero está banido por toda a vida de todas as atividades relacionadas ao futebol (administrativa, esportiva ou qualquer outra), tanto a nível nacional e internacional. Além disso, uma multa no valor de 1 milhão de francos suíços foi imposta a Del Nero.

A decisão foi notificada a Del Nero hoje, e a proibição entrou em vigor imediatamente após a notificação.



Salve, rapaziada

André Júnior

Voltar
Tenha você também a sua rádio