Menu

Acompanhe-nos nas Redes Sociais


Categoria de base:  Violência, ato deplorável, tem sido comum no campeonato Goiano

18 JUN 2018
18 de Junho de 2018

É evidente que não era pra ser assim, mas infelizmente está sendo. Quem foi em alguns jogos do campeonato goiano da base, com certeza tem uma história lamentável pra contar. É verdade que há jogos tranquilos, mas, principalmente na segunda fase do campeonato Goiano a situação ficou tensa em vários jogos.

O enredo de futebol de várzea, no entanto, é replicado com uma frequência alarmante nos celeiros de formação dos clubes de futebol Goianos. Há uma epidemia de violência nas categorias de base. Cada vez mais cedo, pilhados por adultos que deveriam zelar por sua educação, crianças e adolescentes têm confundido a virilidade do jogo com a luta livre.

 Fora de campo são os adultos que ateiam fogo na garotada dentro de campo. As baderna regada de violência extrema nas arquibancadas durante os jogos das categorias de base do campeonato goiano é preocupante.  O sinal de alerta está ligado, e algo precisa ser feito pela FGF para evitar  tragédias que já estão anunciadas.

Não há policiamento em nenhum jogo que envolve o Campeonato Goiano da base. Não há equipe de socorristas em todos os jogos. Portanto, em segurança não há nada que garanta aos torcedores que, ir aos jogos da "base" é seguro.

São vários os incidentes acontecidos nesse primeiro semestre  do ano de 2018 envolvendo os jogos das categorias de base, dentro e fora de campo. Cito dois exemplos, talvez os mais graves:  

Vila olímpica - Jogo envolvendo o Goiânia, jogadores iniciam confusão e torcida entra em campo, logo  a pancadaria é generalizada.  O pior acontece, aparece alguém armado, o repórter do Apito Esportiva grava  tudo em vídeo, usando o  celular.  A polícia enfim chega, controla a situação e obriga o Apito esportivo apagar as imagens feitas durante a enorme briga, envolvendo jogadores e torcida.

Jogo em Anápolis: Estádio Zeca Puglise, jogo envolvendo o Canedo - Torcedores de times rivais na cidade de Anápolis,  "Anapolina  X  Anápolis'' usando as redes sociais marcam briga dentro do estádio no momento do jogo entre Canedo  X  Anapolina - "vídeo do grave incidente no Facebook  Apito Esportivo" cenas lamentáveis.

A FGF precisa atuar juntamente com os Clubes que participam dos campeonatos envolvendo as categorias de base.  A segurança dentro dos campos precisa ser discutida, os clubes precisam ser penalizados com perca de mando de campo,  pontos e jogar com portões fechados, além de uma multa significativa.

Somente assim, penalizando o clube e consequentemente a torcida, que grande parte, que geralmente são pais, diretores do clube, familiares e empresários de jogadores, vão exercer um comportamento civilizado  e com certeza a partir daí, vão repensar as atitudes primitivas que praticam nos jogos no campeonato Goiano da base.

Salve, rapaziada!

 André Júnior

 

 

 

Voltar
Tenha você também a sua rádio